domingo, 7 de maio de 2017

PALMIRA LOPES Percurso escolar/Académico

PALMIRA DA CONCEIÇÃO CIPRIANO LOPES

PERCURSO ACADÉMICO:

Fonte Grada Torres Vedras - Frequentou a escola primária de Fonte Grada .

Lisboa - Frequentou o curso secundário (5º ano dos Liceus), no Liceu Charles le Pierre.

Braga - Frequentou e concluiu o curso de formação profissional de Braga - Educadora familiar.

Lisboa - Universidade Moderna  - Frequentou e Licenciou-se em Ciências de Desenvolvimento e Cooperação:
.







Lisboa . Universidade Moderna  - Frequentou e obteve o diploma de Mestre  em Cooperação Internacional,


03.09.1994

============================
Nota : em  03 set.1994 -  A convite da colega Agostinha, fomos assistir o casamento religioso em Figueira de Castelo Rodrigo
 ( Ver filme)







__________________________________


1993/1994  - FIM DE CURSO - LICENCIATURA



______________________________________________________________

2010 -   MESTRADO E DEFESA DA  TESE:

Em 29.07.2010 

Perante o Júriconstituído pelos : 
 Prof. Cated. Hélder, 
Prof. Ass. Miguel Santos Neves e Prof. Dr. Borrego , apresentou  o trabalho de  tese :

Gestão de Desenvolvimento e Cooperação   Internacional

Tendo obtido a classificação de Muito Bom (19 valores). 

____________________________________________________

02.11.2010  -  BUBLICAÇÃO DO TRABALHO - MUNICÍPIO DE TORRES VEDRAS

IMPORTÂNCIA ECONÓMICA E SOCIAL DO COOPERATIVISMO

Palavras proferidas pelo apresentador:

Apresentador Prof. Miguel Santos Neves.
Presidida pela Drª Ana Umbelino
Foi com a dissertação deste tema que a Drª Palmira Cipriano Lopes defendeu a sua Tese de Mestrado em Gestão de Desenvolvimento e Cooperação Internacional, no dia 29 do  passado mês de Junho, na Universidade Moderna de Lisboa, com a classificação de Muito Bom.
         Defende a Drª Mestre que as cooperativas, pela sua bivalência económica e social constituem a resposta alternativa para o modelo da empresa do futuro:
                   - Económica e financeiramente saudável;
                   - Socialmente justa;
                   - Ambientalmente responsável.
Através da vertente económica, sem objectivo de lucro, mas apenas da satisfação das necessidades, as cooperativas salvaguardam a independência e a liberdade do cidadão.
Através da vertente social as cooperativas respondem à proposta da empresa socialmente justa.
         A Drª Palmira Cipriano demonstra estas afirmações com a investigação que fez às Adegas Cooperativas do concelho de Torres Vedras, sobre a prossecução das mesmas quanto aos princípios cooperativos: (i) Adesão Livre; (ii) Controlo Democrático; (iii) Participação Económica; (iv) Autonomia; (v) Educação, Formação e Informação; (vi)  Intercooperação;
(vii) Interesse pela comunidade. Pondo em evidência a importância demonstrada pelas mesmas, como as maiores empresas do ramo, com mais de metade de produção de vinho do concelho e mais de três quartos de produção de vinho certificada (VQPRD,DOC e Regional) e sobretudo pelos benefícios sociais criados, para os associados em particular e para a comunidade envolvente em geral.
De onde conclui que as cooperativas conseguem conciliar na prática, a competitividade económica e financeira com o desenvolvimento sustentado e os benefícios sociais.
 Porém a Mestre deixa uma advertência, de que as cooperativas têm que inovar para uma nova forma de gestão, como as de há meio século atrás tiveram que fazer, quando passaram do sistema cooperativo integral para o sistema sectorial que hoje vigora. Onde as cooperativas, como empresas de gestão social, têm que competir com as empresas de gestão estatal e as de gestão pelo capital.
 E, as cooperativas fazem-no, e fazem-no sem contudo, perder a sua identidade cooperativa, suportada pela gestão democrática, onde estão presentes os valores de  Lealdade, Solidariedade e Justiça Social.
_________________________

Assistência:

                                           Perante uma assistência atenta e crítica, no salão nobre da Município de Torres Vedras, ouviu-se o Prof. Santos Neves, orientador do mestrado e arguente do júri, tecer considerações pertinentes sobre a tese e agora traduzido numa publicação pública, sob presidência da vereadora do pelouro da Câmara Municipal de Torres Vedras Drª Ana Umbelino. 




                    
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»





»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

sábado, 6 de maio de 2017

JOÃO LOPES - CURRICULUM ESCOLAR/PROFISSIONAL


 ACONTECIMENTOS ACADÉMICOS- João Lopes:
»»»»»»
             “Somos o que repetidamente fazemos.
                                            A excelência, portanto, não é um feito mas um hábito”.
Aristóteles
»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

1. ESCOLA PRIMÁRIA DE SANTA MARTA -FOGO Cabo Verde


1944/ 1949 -  Frequência do ensino primário 4ª classe, no posto de ensino (foto ao lado) de Santa Marta, freguesia de São Lourenço: Tendo como professores 1ª classe - Helena e Aida Macedo;
2ª classe -Matilde Amélia de Vasconcelos Barbosa Vicente;                                       3ª e 4ª  Classe - Alberto de Melo;                   4ª  classe (repetente) Ana Gisela de Vasconcelos Barbosa Vicente.

__________________________________

2. LICEU GIL EANES - São Vicente/Praia -  CV


1953 - Fogo/ São Vicente.

A fim de prosseguir os estudos no Liceu Gil Eanes, no magnífico scooner Ernestina "de Nhô Henrique Mendes", cruzando o mar, pela 1ª vez, desde o porto de praia de Nossa Senhora até Mindelo, tendo sido recebido pelo Sr. Raimundo Correia, esposa D. Tchutcha Rendal e filha Luzia Rendal,sita na rua....



1953 - S. Vicente - Mindelo frequentei o preparatório para admissão aos Liceus, pela explicadora D. Irene Noémia  de Vasconcelos Barbosa Vicente.



1954 a 1955 - Frequência do 1º ciclo dos Liceus  (1º e 2º anos)              

 1953/1954 -  Residindo em casa do Sr. Raimundo Correia e D. Luzia Rendal, sita  na  rua do Côco nº 1.

1954/1855 - Posteriormente, em casa de  D. Alda Barbosa Amado, mais os filhos Ercilia, Joaquim e Miguel Barbosa Amado.



___________________________________________________

1956 a 1958 -

Com a abertura da secção do Liceu Gil Eanes na Praia, Ilha de Santiago, passei a frequentar o 2º ciclo dos Liceus  (3º, 4º e 5º anos), no 1º andar do edificio da casa SERBAM - Sérgio Barbosa Mendes (foto  ao lado), sita na Rua Sá da Bandeira, (actual Avenida Amilcar Cabral), com a entrada na rua lateral que vai para Ponta Belém.






















S. Vicente 1940
Musica de Jorge Monteiro





DIÁSPORA - PORTUGAL

Lisboa 1992, reunião dos antigos estudantes do Liceu Gil Eanes a fim de festejarem o 75º aniversário da criação do liceu.


 __________________________________________________________



3. ESCOLA DE REGENTES AGRÍCOLAS SANTARÉM PORTUGAL





Terminado o Curso Geral dos Liceus (5º ano), embarcou para a Metrópole, Lisboa, em Fev.de 1959, no Paquete "Manuel Alfredo" desembarcou no Cais de Alcântara, aonde foi recebido por D. Arlinda Bento Marques, ficando alojado na sua casa, sita na Rua Francisco Metrasse nº 3. 1º Esq. (Campo de Ourique).



1962/63 -Final do Curso de Regentes Agrícolas, Santarém. Portugal.





       Ao "Rasgar da Ganga"

- Visita dos  Tio César e prima Therri. 

Com o objetivo de assistir o meu términus do curso


Prima Terry a caminho de Fátima (encostada num sobreiro)
Terry em visita a Fátima, "sob os braços da Azinheira", neste caso encostada a um sobreiro, utilizando o meu meio de transporte favorito, na altura, mota Tryunph.





Visita ao tio Eduardo  José de Oliveira -Malveira 

ERAS- Escola de Regentes Agricolas de Santarem 1965/66.

Festa de finalistas do ano 1965/1966 - Caneiras - Santarém




Caló Pires,João Galvão Reis Borges,Orlando Barbosa, ''Nató''Renato Sena Martins,
''Beto'' Silvestre Rodrigues de  Jesus ''Belarmino'',Otelo Anahory Silva,  Dany Silva''Artista'', João Lopes Filho, José Luis Fernandes Lopes''Djidé'',Albino Graça Da Fonseca, Isaac Anahory Silva ( + 26.04.2017)De cócoras "djangotodo": Oldgard Pinto Mascarenhas e João Lopes.





________________________________________________________



1964 - IIAA- Instituto de Investigação Agronómica de Angola/ICA Instituto dos Cereais de Angola - Huambo, Angola elaborar o Tirocínio do Fim de Curso

____________________________________________________

4. Tchivinguiro

ESCOLA de REGENTES AGRÍCOLAS do TCHIVINGUIRO.            ANGOLA - PORTUGAL (Ex- Colónia)
1969  - Completou o curso complementar ao curso de regentes Agrícolas para ingresso no curso superior de Agronomia dos Estudos Gerais Universitários de Angola, em Huambo (Chianga).




5.Huambo -

1971/1972 -Estudos Gerais de Angola, Faculdade de Agronomia. 1º e 2º ano de Agronomia (incompleto) .



Grupo de alunos do 1º ano de Agronomia - Huambo - Chianga, 1971/72.





»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»


1972 - Regresso ao Centro de Estudos do IIAA (Instituto de Investigação Agronómica de Angola.  Humpata .

           Retomar as actividades de técnico e encarregado do centro e, comulativamente professor na ERAT.

1972/1974 - Humpata/ Tchivinguiro


 Professor eventual na Escola de Regentes Agrícolas do Tchivinguiro, lecionando as cadeiras de Fruticultura (Teóricas e práticas), e Mineralogia do 6º ano - Curso Complementar.Patologia Vegetal (Entomologia) em parceria com Engº Osvaldo Cruz "in memorian"  
Aluno no ISA - Lisboa

e,

Prof. de ftopatologia no Tchivinguiro






»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»»

2012 -  11 de Março - Registo da manifestação de gratidão de um ex- Aluno:     

       Meu Nobre Colega e Professor, eu sou o Tavares 789, que aprendeu muito com as suas aulas no Tchivinguiro.

Gostaria de agradecer-lhe a paciência e o carinho didático de um excelente catedrático.                                             
Logo depois da diáspora que nos foi comum, vim para o Brasil, fiz as minhas equivalências 
para Eng. Agrônomo.  



 -      Carlos Alberto Martins Tavares

_____________________________________________________________

 6 . Torres Vedras.

2001/2002 -  Lisboa


Lisboa . Universidade Moderna  



Sob orientação do Professor  Vascocellos e Sá,  frequentou as cadeiras :


- Segmentação Estratégica de Mercados;
-Tendências do Meio Ambiente;
-  Seminário sobre Tópicos Europeus.


2003 - Ingresso na AUTITV -  Associação para Universidade da  Terceira Idade de Torres Vedras-

 Frequência: 


Trabalhos pubçicados:

Trabalho de Antropologia - Povos Pastores  da Guinée e Angola- Autitv 2008. 




*****************************____________________** 
JOÃO  LOPES

Local de nascimento :  Ilha do Fogo -Cabo Verde    

    Data de nascimento:  25/Jul/1937


Cidadania:  Portuguesa  

Estado civil:  Casado


Residência Fonte Grada, 2560 –249 Torres Vedras Portugal



Email sepoljolo@gmail.com ; sepol1937@gmail.com



==================================================

Currículo profissional :

ANGOLA:
Frontispício da tese, elaborado em 180 dias
   1964  -  Estágio curricular de fim de curso nos Institutos dos Cereais de Angola (ICA) sobre "A Cultura e Tecnologia do Tabaco Virginia "
                                                            e
 Instituto de Investigação Agronómica de Angola (IIAA), sobre Alguns Coleópteros Encontrados no Planalto Central de Angola" .





Confeção de "lumbalas" preparação do tabaco



IIAA - observando a evolução do  gorgulho em cereais. Siithophilus oryzae  L



Reconhecimento/Agradecimento:

__________________________________________________________

INÍCIO DA CARREIRA PROFISSIONAL


1965/1975 Chefe da Brigada Técnica da Caala  e da Divisão Técnica do Fomento do Instituto dos Cereais de Angola (ICA)-Huambo; Encarregado dos Centros de Estudos de Gangassol (Malanje) e Humpata-(Lubango) do Instituto de Investigação Agronómica de Angola (IIAA),











Professor Eventual da Escola de Regentes Agrícolas do Tchivinguiro-Huila;
_____________________________________
1975 Luanda/Lisboa :
Regresso definitivo a Portugal, saída no dia 31/10/1975, avião fretado/cedido (?)  internacionalmente para repatriamento dos nacionais que se encontravam naquela província ultramarina.
  • PORTUGAL - 1975/1989  e 1991/2003

1975 - Lisboa:  1 .Nov. 
Ingresso no quadro Geral de Adidos.

1975/1976 - RINCHOA/Sintra

Aguardando colocação, com Aurora e filhos (Natalina e João Paulo), César já tinha seguido para o Brasil,  na habitação (cedida) pelas primas Rodrigues Pires, sita na Rinchoa.



1976/1978 - ÉVORA/ Valverde (Mitra)

 Quadro Geral de Adidos (Destacamento):

 Instituto Universitário de Évora -Técnico do Departamento de Fitotecnia do Instituto Universitário de Évora de  Abril  de 1976 até 31 de Julho de 1978, data que foi transferido a seu pedido ( Ofício do MRA - Ministério da Reforma Administrativa Refª 8549/B de 21Jul1978)  para Instituto Nacional de Investigação Agrária, colocado em regime de destacamento na Estação Agronómica Nacional em Oeiras.

1978/1980 - OEIRAS/INIA (Instituto Nacional de Investigação Agrária)

Estação Agronómica Nacional

Técnico do Departamento de Fitotecnia ,Sob chefia do Engº Agrónomo Abílio Mendes Gaspar. Nos domínios de intdrodução de fruteiras tropicais para o Algarve.

1980/2003 - TORRES VEDRAS 


 Direcção Regional de Agricultura do Ribatejo e Oeste (DRARO). Ministério de Agricultura -  (Integração no Quadro)

Tecnico Extensionista Generalista/ Responsável pela Equipa Local de Bombarral e Especialista em Viticultura e Fruticultura (Concelhos de Bombarral e Cadaval);  
Técnico do PEDAP e PAMAF - Desenvolvimento Rural :  Associativismo e Formação Profissional (Coordenador/Supervisor);  
Responsável da Zona Agrária de T.Vedras .
 Assessor do Supervisor do Agrupamento das Zonas Agrárias do Baixo Oeste e Grande Lisboa.  

        Desvinculado da Função Pública (31/12/2003).









1986/1987 - NAÇÕES UNIDAS/ ANGOLA

 Tecnico Vulgarizador/Formador do Programa de Desenvolvimento da ONU-FAO/PNUD (UNO/ANG/001/UNE)- Matala/Capelongo  e  Ex- Gestor Técnico da CESO - Programa da U.E.  Reabilitação do Instituto Médio Agrário de Tchivinguiro - Huíla, Angola.

 _____________________

14 de Julho - Partida para Roma, acompanhado do colega Basílio, saída prevista  pelas 15,00h. Estar no aeroporto às 11,45h. Alojamento Hotel Souvenir, Via Terme  DeCiane 3. Roma.

1989/1991.  CEE/ GUINÉ CONAKRY

PARTEX - Companhia Portuguesa de Serviços, SA/ CEE Lomé III (6º FED)/ Ministério do Plano e Cooperação Internacional Guiné (Conakry):

14 de Abril. Lisboa/Bruxelas

Saída de Lisboa, no voo (?) . Alojamento no Hotel Metropole, pernoita e  no dia seguinte, após o visto, saída para Conakry, acompanhado do Chefe da Missão Engº Agrº Ilídio Lourenço e Chefe  do Programa da CEE/LOMÈ III/Guiné - Engº Agrº Manga Fodé Touré. Na  mesma viagem seguiu Engº Agrº Abílio Coutinho e Contabilista Basso.


Grand Hotel Central - 6ª Av. Kaloum Conakry
Corniche Conakry

Equipa Partex num encontro em Forécariah 14.10.1990:



Nuno Maria de Sousa  Costa (Coordenador da Equipa)
José Amaral Pedras (Perito Florestal)
João Lopes (Consultor Desenvolvimento Rural Prefeitura de Kindia)
Manga Fodé Tourè (Coordenador Ministério  de Agricultura e Recursos Animais  República da Guiné);
Abílio Coutinho (Consultor Desenvolvimento Rural Prefeitura de Forécariah)  [+ 19.04.2017]; Reginaldo Melo (Consultor Desenvolvimento Rural Prefeitura de Boffa)[+21.10.2010]; 

Óscar Barbosa ( (Consultor Hidráulica e Engª Rural) ;  
Vera Monteiro Marques (Consultor Fiscalização da construção de Estradas):

Actividades na Prefeitura de Kindia

- Consultor da PARTEX; - Agro-Economista do Programa de Desenvolvimento Rural da Guiné Marítima - Programação, Extensão, Formação, Gestão e Crédito Rural - (CEE/LOMÉ III.) -  Atuação na Prefeitura de Kindia, tendo como homólogo, Engº Agrº Morlay Soumah.



Testemunho  do apoio inquestionável, que tive do homólogo  Morlay






Residência Partex Kindia:  em Tafori, à beira de estrada do lado esquerdo. Propriedade do Engº ------- Foulaya (centro de Investigação) /-  Kindia à saída para Conakry.











  •   

         
















1971/1972 - EGUA  (Estudos Gerais Universitário de Angola)


Frequentou o 1º ano da faculdade de Agronomia em Nova Lisboa - Chianga.






2000 - TORRES VEDRAS/AUTITV (Associação para Universidade de Terceira Idade de Torres Vedras) Portugal.






2000 / 2004 -



________________________ 









-----------------------------------      












Lisboa:  Nov. 1975. Ingresso no quadro Geral de Adidos. Destacado para Instituto Universitário de Évora em ____    Abril de 1976,  até 31 de Julho de 1978, data que foi transferido a seu pedido ( Oficio do MRA )- Ministério da Reforma Administrativa Refª 8549/B de 21Jul1978)  para Instituto Nacional de Investigação Agrária, colocado em regime de destacamento na Estação Agronómica Nacional em Oeiras.