sábado, 29 de julho de 2017

1937- 2017- ILHA DO FOGO. REVIVER & ALARGAR OS HORIZONTES


JULHO 2017 - LISBOA-PRAIA-FOGO-PRAIA-LISBOA

Praia - C. Verde (07/07 a 12/07/2017)


Após a estadia  na Praia em casa do primo Eduardo de Pina, recepção calorosa pela prima Niquinha e filhos, sita na movimentada Av. Cidade Lisboa, Fazenda.
 e uns bons , 3 banhos, na magnífica "Prainha", pelas 7 horas  e retemperando da viagem Lisboa Praia, no TACV, com saída prevista a 6 de julho e que só se concretizou a 7.  

Aproveitei para visitar locais do tempo  de estudante (2º  ciclo) na secção do Liceu Gil Eanes, revivendo espaços, quer no "Plateau", quer nas Achadas Grande e Santo António, e outras localidades, que actualmente se encontra bem modificado positivamente. 

Por recomendação do primo Gilberto Alves Monteiro, USA, fui recebido pelo ilustre CANUTO Alcides, que me levou a almoçar, uma bela caldeirada de cabrito, no restaurante " CAMPANAS" que por volta das 17 horas tivemos oportunidade de escutar o grande violinista Nhô Nani, até noite dentro.





11/07 - Arquivo Nacional.

Recebido pela funcionária Fátima Amado,  deixei os dados no que concerne às pesquisa de Angelina de Pina e Maria de Pina, diligentemente conseguiu localizar o registo da minha bisavó, até trisavó Maria de Pina, escrava de D. António Correa da Silva,  que, conforme tinha previsto, PINA, teria origem na escravatura (ver certidão).








12/07 -  Saída,pelas 9,50 Praia/ São Filipe, assento 16F, classe Y , NT 834,  nº 48, da   Binter CV.

                                                                                                                                           






À minha espera, o  mano António Gonçalves 

 e o primo Salomão Barbosa Amado, que nos conduziu à casa do primo Orlando de Nininha e Maria Augusta, onde fomos bem recebidos e ainda pela tia "Mana" Catarina Lopes de 97 anos.

Mano António Gonçalves - Aeroporto de S. Filipe 2017.jul.12
Catarina Lopes aos 97 anos . Fogo 2017- (BI- 03.03.1918),
informou que nasceu em 1920 
Visita ao primo Orlando, recordando velhos tempos.

Sem comentários: